cronicas,

Crônicas | Let's rock

julho 13, 2012 Thayanna Sena 0 Comentários

Acho difícil falar sobre rock. Principalmente por que não entra na minha cabeça que o Elvis Presley toque rock_ e, no entanto, ele é o rei da coisa. O mesmo para os Beatles, que até arranham guitarras em algumas músicas, mas a maioria é mais pop song do que Madonna_ a rigor, também não acho Madonna mais pop do que dance. Uma complicação só. Tal qual tentar definir tipos de música eletrônica (como faz?).

2012 ainda é o ano clichê do rock. Se já diziam que rock é música do diabo, agora que o dia dele caiu na sexta-feira 13 então... fujam para as colinas, por que só vai dar ritual satânico nos bares e pubs por aí. Saravá!

Que atire o primeiro rock o pedreiro que nunca traiu o movimento. E eu nem estou falando de pessoas que ouviram rock a vida inteira e, de uma hora pra outra, resolveram gostar de sertanejo (corto minha língua, mas não me deduro. Ops!). Falo de gente que trai o rock dentro do próprio rock. Que vai do gothic ao synth sem cerimônia. Que já expressou a rebeldia do punk e a sensualidade(?) do hard rock. Tira o vinil do Led Zeppelin pra ouvir o cd do Kings Of Leon. Troca a clássica bandana pelos óculos nerd dos indies. E um dia descobre que rock é essa coisa toda que, de tão legal, não precisa de rótulos e tabulações. Até por que, se tem um estilo musical que vam pra quebrar regras, em todos os tempos, esse é o rock! Intenso e rápido e louco. Vários bons morreram jovens, mas fizeram tantas coisas legais que nem parece que viveram tão pouco. Viveram rockamente!

Uma curiosidade: comecei hoje no trabalho novo. Dia 13. E até o fim do mês serão 13 dias trabalhados. Let’s rock!



E, pra completar, eu saí de stalker nas fotos alheias, super curtindo o show da Eckolu, que tocou cover de Ramones. Com essa camisa tangerine tango também, o que mais eu queria, né? Uhul!




Bônus: vi esse meme há alguns dias e morri de rir. Não tem jeito, todos cantamos Chop Suey assim! hahaha


0 comentários: