Budapest: The Great Market Hall

By Thayanna Sena - junho 13, 2017

In english, I have to say sorry twice: first because I had a guest few days ago and I couldn't write before. Second because, even talking to him in english all the time, I'm still making a lot of mistakes. But I've learned something about languages: the best way to learn is keep going, reading books, watching movies and, why not?, speaking/writing wrong, always trying to get better.
I've promised to this friend I'm going to study more and we'll have an intelectual conversation in english soon_ which means I have to read a classic book with a lot of fancy words and then pretend I know what they mean. Can someone give me a book tip? haha

Anyway, this posts is about one of my favorite spots in Budapest: the Great Market Hall is a super nice place to eat, get some souvenirs or just walk around and look at the people buying fruits and vegetables. And speaking like crazy in hungarian!

Em português, minhas desculpas pela demora vêm junto com um coração cheio de amor de quem recebeu um amigo querido e meteu o loko aproveitou muito a estadia dele aqui em Beagá (ou bi ache, como diz ele, pronunciando as letras B e H em inglês). O pouco tempo livre que me sobrou nestes dias foi usado pra trabalhar, mas eu também tenho várias coisas legais pra falar sobre Belo Horizonte assim que eu acabar os posts de Budapest. E como tá difícil acabar...

Eu ia falar sobre o Great Market Hall e a Citadella (dois dos meus hotspots favoritos de Budapest) em um mesmo post, mas tenho fotos maravilhosas de ambos e acho que eles merecem um pouco mais de espaço. Vale a pena dizer que para ir de um ao outro é só atravessar a Liberty Bridge, então pode ser uma boa ir até o Great Market para almoçar ou para o lanche da tarde e seguir para a Citadella no pôr do sol. E já que eu falei de comida, qual a melhor coisa de um mercado senão comer?






We have a famous central market in my city, Belo Horizonte, and I'm a big fan of it. I go there at least once in a month to buy flowers, drink beer or take some foreigner friend. That's why I felt so comfortable in the Great Market Hall: see all that people buying food, lots of tourists trying the tradicional palinka or taking pictures makes me feel home. And, as a cook-wanna-be, I could spent much more time there. João and I tried the goulash, a traditional hungarian soup, the rétes (an strudel) and a cauliflower which name I don't know, but you can see it in the next picture and I swear: it was tasty even looking weird. haha



João e eu comemos o goulash, uma sopa tradicional húngara com vegetais e carne (que vem a calhar nos dias de frio) e uma couve flor empanada cujo nome eu não me lembro e que era bem estranha, mas gostosa. Mas estranha! Hahaha
Também comemos um strudel (que eles chamam de Rétes) e provamos umas salsichas maravilhosas em um dos restaurantes do segundo piso. Apesar de ficar em bem cheio na hora do almoço, as opções de lugares/comidas típicas são muitas no Great Market, que também é um bom lugar para comprar souvenirs_ apesar de ser um lugar turístico, achei os preços bem acessíveis.

Next stop: Citadella...

  • Share:

You Might Also Like

0 comentários