Vienna : Schönbruun Palace

lifesthayle-vienna-schonbrunn-ehrenhof.jpg

Próxima parada da eurotrip e uma palavra resume Vienna: frio. Quem viu esse vídeo vai dizer: "mas você já tinha passado frio em Budapest". Verdade. Numa intensidade maior do que o austríaco. Só que na Hungria foi um dia de congelar para outros três de sol, céu azul e uma temperatura, digamos, agradável (e por agradável entenda menor que 5°C, porém não negativa). Em Vienna não: todos os dias eram de -6 ou -7°C e com vento. Logo, sensação térmica ainda menor.

Um dos primeiros lugares que João e eu visitamos foi o Schönbrunn Palace, cujo nome em alemão significa "bela primavera" (sim, fala-se alemão na Austria. Só eu que não sabia?). Muito inteligente, aliás, visitar um lugar imenso e à céu aberto quando a nossa estratégia era encontrar um lugar aquecido de tempos em tempos para não morrer de hipotermia haha. Valeu a pena porque o Schönbruun é maravilhoso, tanto o conjunto barroco do palácio imperial quanto seus jardins. E eu, que amo inverno, acho que eles têm um charme a mais com neve e galhos secos, mas imagina no verão?

lifesthayle-vienna-schonbrunn-palace-details.jpg
lifesthayle-vienna-schonbrunn-palace.jpg
lifesthayle-vienna-schonbrunn-palace-doors.jpg
lifesthayle-vienna-schonbrunn-palace-thayanna-sena.jpg

COMO CHEGAR: em Budapest, o Google Maps dava todas as indicações de qual transporte público usar (tram, ônibus ou metrô). Em Vienna não, tanto é que nos perdemos quando tentamos pegar o tram (que, pra quem não sabe, se parece bastante com o metrô, só que na superfície). Mas para chegar ao Schönbruun Palace não tem segredo: vá de metrô. A estação que leva o nome do palácio fica na linha U4, que passa pela Karlsplatz de onde é possível acessar outras linhas.

INGRESSOS: compramos as entradas na hora e talvez tenha sido tranquilo por ser baixa temporada e não estar tão cheio (os turistas asiáticos estavam lá, firmes e fortes, como em todo o Leste Europeu haha), mas é possível comprar os ingressos antecipados no site. Existem diferentes opções de tour, incluindo ou não alguns jardins/atrações, e o valor vai depender do que você quer ver. Para conferir os preços e opções, clique aqui.

E por falar em jardins, este é o Kastaniensaal (significa algo como Salão Castanha) que é parte dos jardins privados do Palácio:

lifesthayle-vienna-schonbrunn-kammergarten.jpg
lifesthayle-vienna-schonbrunn-kammergarten-thayanna-sena.jpg

DICA MASTER:

O Schönbrunn é um passeio de um dia inteiro. Para os mais detalhistas, como eu, de mais de um dia. Impossível fazer a visita ao palácio (que tem 1441 quartos), conhecer todos os jardins, o zoológico, o labirinto e as ruínas romanas em menos tempo. Nas fotos abaixo, além dos jardins, esculturas e placas indicativas (e lindas!), estão o Gloriette ao fundo, na terceira foto, e a Fonte de Netuno na quarta.

lifesthayle-vienna-schonbrunn-signs.jpg
lifesthayle-vienna-schonbrunn-finstere-allee.jpg
lifesthayle-vienna-schonbrunn-gloriette-view.jpg
lifesthayle-vienna-schonbrunn-neptune-fountain.jpg
lifesthayle-vienna-schonbrunn-linden-allee.jpg

E só mais uma curiosidade: anualmente o palácio recebe o Summer Night Concert Schönbruun, um concerto à céu aberto da Orquestra Filarmônica de Vienna. Assista a este vídeo da edição de 2010, com os músicos tocando a Marcha Imperial de Star Wars, e me conta nos comentários se não é um sonho estar lá para ver ao vivo. A próxima edição será em 31 de maio de 2018. Alguém me leva?