Poke em BH: Poke Sim

[ Este post faz parte da série Poke em BH. Leia o primeiro clicando aqui ]

 

Quem caminha distraído pela Savassi pode até passar despercebido pelo recém inaugurado Poke Sim, que fica no quarteirão da Melissa na Praça da Savassi, mas aqui vai uma boa razão para parar por lá:

"Não temos congelador, não temos fritadeira, os ingredientes são todos muito frescos, os sucos não têm aditivos. O que a gente consegue e tem fácil acesso, damos prioridade aos produtores locais".

Quem me contou isso foi a chef Gabriela Harue, que não apenas apresentou o cardápio da casa, mas também deu uma aula sobre o poke, suas origens e como as referências que ela trouxe da culinária japonesa influenciam na maneira como ele é feito no Poke Sim. Na tradicional versão havaiana, ele é servido apenas com arroz e atum, mas existem diversas adaptações do prato ao redor do mundo: "cada lugar trabalha com sua variedade, mas sempre tendo fruta, algum legume, indo por uma linha mais saudável", disse Gabriela. O Poke Salmão acompanha pepino sunomono, berinjela com misso e fruta da estação enquanto o Poke Atum traz tamagoyaki (um omelete japonês), abobrinha em conserva e uma fruta (R$22 na versão média e R$32 na versão grande). Há também a opção de montar o seu prato, em que é possível acrescentar, por exemplo, os crocantes: granola salgada, chips de raízes e pipoca de arroz. Recomendo, inclusive!

lifesthayle-poke-em-bh-poke-sim.JPG
lifesthayle-poke-em-bh-poke-sim-bebidas.JPG
lifesthayle-poke-em-bh-poke-sim-savassi.JPG
lifesthayle-poke-em-bh-poke-sim-cardapio.JPG

Fui ao Poke Sim acompanhada da Poliana Sena e nós experimentamos duas versões no tamanho médio:

- poke de salmão (foto maior) com arroz na base, manga, berinjela no misso, pipoca de arroz e pepino sunomono;

- poke de atum, abacate, tamagoyaki, abobrinha, tofu marinado no misso e base de arroz.

Nas bebidas (R$7 cada), suco de maracujá com laranja e limonada peruana, que é feita com leite de coco em uma produção totalmente artesanal. Sobre as bebidas, aliás, vale citar o Kombucha, que é um chá probiótico feito a partir de ingredientes naturais e rico em vitaminas e nutrientes. A bebida passa por dez horas de fermentação e é saborizado posteriormente. No Poke Sim ele recebe suco integral de uva e custa R$12 (300ml).

lifesthayle-poke-em-bh-poke-sim-mesa.JPG
lifesthayle-poke-em-bh-poke-sim-atum.JPG
lifesthayle-poke-em-bh-poke-sim-salmao.JPG
lifesthayle-poke-em-bh-poke-sim-pokes.JPG
lifesthayle-poke-em-bh-poke-sim-thayanna-sena.JPG
lifesthayle-poke-em-bh-poke-sim-flat-lay.JPG

Outro prato servido no Poke Sim é o futomaki (R$22), que é bem parecido com um prato já conhecido pelos amantes da culinária japonesa: o maki. Gabriela contou que maki significa enrolado. As peças que comemos em restaurantes, que já vêm cortadas, se chamam rossomaki (rosso = fino). "Futomaki quer dizer espesso, grosso. Geralmente ele vem só com proteína, mas nós colocamos outros ingredientes para ser uma refeição completa", explicou ela. O Futomaki tem uma versão vegetariana e o Poke, uma opção vegana.

 

POKE EM BH

Poke Sim: Rua Antônio de Albuquerque, 629, Savassi.

Segunda a sábado das 11hs às 22hs. Preços entre R$22 e R$32.